Novo vídeo da Haitian Mag | The Lost Tapes

Fazia tempo que não nos empolgávamos tanto com um vídeo aqui na Vanguarda, e olha que 2014 foi um ano marcado por sessões pesadíssimas para os chamados VODs (Video On Demand*), teve a ‘The 666 Series’ com os bloodlines da SSM, a sequência da Vibralux com Bolino, Broskow e Haffey, e o inovador e desconstrutivo ‘18 Plus’ do Sean Kelso. Contudo, a última produção dos lunáticos da Haitian Mag marretou todas as expectativas e mostrou que esperar o melhor momento nem sempre é uma opção, e sim necessidade. ‘The Lost Tapes’ não é totalmente novo, mas também nunca será velho, é daqueles vídeos que marcam gerações.

As gravações começaram em 2012, mas no final de 2013 eles se separaram das sessões cotidianas, era a vida, outros projetos e viagens que não deixaram os Haitianos concluírem a saga. Em 2015, de volta da acidentada tour de verão europeia, Brian Bina encarou a missão de editar as 100 fitas VHS gravadas nas clássicas câmeras VX de Dylan Davis e Malcolm Heard. O resultado: 69 minutos corridos do mais puro e verdadeiro streetão, com montagens memoráveis e partes de John Bolino, Dylan Davis, Sean Darst, Malcolm Heard, Quintin Lamb, Xathan Stewart, Seba Seufferheld, Nick Labarre e Brian Bina. Enfim, resta assistir o trailer abaixo, juntar os amigos e as moedas para comprar o download por apenas $15 doletas no Sellfy, clicando aqui!

www.hatianmag.com

Em todos os sentidos!

* Video On Demand – Literalmente vídeo por demanda, é uma forma de vender os novos vídeo através de download pago.

Marcas e Parcerias | Haitian Mag

Somos parte dessa comunidade onde o posicionamento vale mais que os benefícios comerciais que podemos obter de cada marca. São empresas idealizadas e comandadas por patinadores que ajudaram a criar o Patins Street tal como o vivemos, estão ligados visceralmente à nossa cultura, o que é fundamental. Vamos apresentar uma a uma as nossas escolhas e parcerias.

A Haitian Mag é uma descarga de contracultura para uma comunidade que mal conseguiu firmar suas características culturais. A revista traz um conteúdo ácido, sujo e muito verdadeiro. Não se prende a nenhum padrão muito menos diplomacia, porém o bom gosto é predominante e as matérias mergulham em nossa realidade, dia-a-dia na rua! Muitos patinadores de peso e os membros da própria Haitian têm visitado suas páginas, em resposta há um público fiel e muito interessado em tudo que eles têm a dizer, de Sol a Plutão!*

Haitian - Moodboard

Brian Bina e o argentino Seba Seufferheld capitaneiam o projeto e veem conquistando espaço com suas escolhas, mesmo sem fazerem questão de colocar a Haitian Mag no mainstream, a revista ganhar respeito e a cada dia mais fãs! Em paralelo ao trabalho na Haitian, ambos patinam pela SSM hoje e também têm participado das últimas empreitadas da Shredweiser. Procuraram a Vanguarda como ponto de distribuição no Brasil por indicação de Aninho Eble, e empolgados com a ideia deixaram o recado:

Vibrando em novas freqüências, Haitian Mag já está disponível no Brasil!”

– Seba Seufferheld

Confiram o novo site da Haitian Mag, e para ver as revistas em nossa loja, clique aqui!

Smoke Crack and Blade Vert!

Em todos os sentidos

* sol a plutão é uma referência direta as revistas da Haitian Mag, que estão sendo nomeadas na ordem do sistema solar: Sol, Mercúrio e Venus, até agora!