Jimmy Ferreira | Avante

Esse texto não é sobre despedida.

Processed with VSCO with m5 preset

Os anos voam, nossa mente muda, nossas atitudes mudam, nossas prioridades, amizades, trabalho e endereço. São inúmeras mudanças! Coisas boas e ruins nos acontecem, desapontamos algumas pessoas, perdemos algumas oportunidades. Fazemos as pazes e temos novas oportunidades. A vida é assim, feita de dois lados. Cabe a nós decidir qual caminho escolher. Ter cabeça para parar na hora certa, dissolver velhas ideias, renovar conceitos e se recompor.

 

 

Algumas pessoas são inquietas por demais, e eu me encaixo nesse grupo. Durante meus trinta anos eu errei bastante por conta de não saber lidar com toda essa inquietação, querer tudo ao mesmo tempo, e não enxergar o real valor das coisas. Não me arrependo dos erros e de ter desapontado algumas pessoas, pois isso foi fundamental para meu crescimento espiritual. Sim, eu falei espiritual! Não falo de deuses, não é isso. Falo da força que está dentro de cada um de nós, e que insistimos em não aceitar que ela existe. Quando me encontrei em vida, dei valor para meus sentimentos, me amei e assim pude ver a grandeza que é viver. Pude ver o quanto somos poderosos e o quanto eu me sabotava. Me sabotei ao magoar garotas, ao não ouvir meus pais, a não aceitar pessoas que de certa forma pensavam diferente de mim. E eu, em silêncio, pedi perdão por tudo isso.

E vocês devem estar se perguntando o que tudo isso tem haver com o patins, certo? TUDO!

Quando você eleva sua mente, você se torna invencível, todo pensamento se concretiza. E assim, você se torna um grande patinador, longe do ego, sentindo a total liberdade e prazer que o patins pode te dar. Por isso, esse não é um texto de despedia, esse texto se refere ao início de um novo ciclo.

Processed with VSCOcam with b1 preset

Agradeço a tudo que a Vanguarda foi, as pessoas que conheci, os lugares que visitei. Foram anos mágicos. Reconheço todo esforço do Fabio “Mad”, e sei que ele está satisfeito como tudo está caminhando. Acredito que fizemos nosso papel como loja, e que deixamos uma marca cravada na história do patins street. Max, Akira, Lucas, Erick, e todos os que de forma direta e indireta fizeram parte de tudo isso, só tenho a agradecer a vocês.

Como alguns sabem, eu morei em São Bernardo, mas nasci em São Luís do Maranhão. E este vídeo de encerramento de ciclo foi filmado em minha cidade natal. Já fazia tempo que eu tinha o desejo de fazer um vídeo inteiro gravado em São Luís. Mesmo sendo lançado agora, ele foi filmado entre 2015 e 2016. Que foi o tempo que morei lá, após morar 5 anos em SBC.

Esses dois anos em SLZ foram bem intensos, muitos aprendizados e experiências de vida. Não foi um período fácil, nem pra mim, e nem para quem conviveu comigo. Mas foram nesses dois que eu conheci a minha companheira, e também foi nesse período que eu comecei a cair na real sobre varias coisas, essas que ainda iriam demorar um pouco para eu me livrar, mas foi o início do fim. Então, posso afirmar que foram dois anos INCRÍVEIS!

Agora voltando a parte dos patins. Eu tenho uma profunda gratidão com o patins street, ele me livrou das estatísticas ruins, me abriu um mundo maravilhoso, com pessoas maravilhosas. Vivi momentos únicos que nunca irei esquecer. Queria poder citar todos os nomes que fizeram parte dessa história, todos aqueles que sempre me apoiaram: Dutra Júnior, Jonas Araújo “Pezão”, Samuel “Xyclethy”, Vitor “Coruja”, Ramiro Marques, Eduardo “Dudu”, Emílio Silva, Kalléo Hipolito, Fabio “Mad”, Lucas Fernandes, Pietro Mário, Rafael Messias e tantos outros. São muitas pessoas importantes para citar todos os nomes, mas saiba que se você algum dia cruzou comigo e tivemos um momento feliz, já foi o bastante para se tornar importante em minha vida. Tenho todos vocês em meu coração.

Que cada um que leia esse texto possa entender o quanto nossas atitudes são importantes, e o quanto é importante cultivar amizade e sermos mais verdadeiros com tudo. Não mascarar sentimentos e tão pouco se sabotar por não acreditar em si mesmo. Que guardar sentimentos ruins não irão te fazer chegar a nenhum lugar bom. Seja positivo consigo mesmo, seja positivo com o próximo, seja positivo com o mundo. Acredite na vida!

Como já disse antes, este não é um texto de despedida, este texto se refere ao despertar de uma consciência.

Um grande abraço a todos!

Viva o Patins Street!

Obrigado!

Jimmy Ferreira