Lucas Fernandes | Membro

Você sabe o significado de prospect ? Seguindo a mesma estrutura da SSM escolhemos os membros da Vanguarda, em quatro diferentes níveis: a primeira linhagem, segunda linhagem, um padrinho da velha-guarda e, enfim, os prospects. Patinadores novos, pouco conhecidos na cena, mas que são o provável futuro… Espera! Mas de que futuro estamos falando? Podem ter certeza que não é como patinador envolvido, que corre todos os eventos, faz ‘o corre’ e tá no ‘game’, isso não combina com a gente! Por outro lado, patinadores que por suas escolhas, personalidade e criatividade, podem ser as futuras referências disso que chamamos de Patins Street. Lucas foi o primeiro prospect escolhido e podem ter certeza, não poderíamos ter sido mais felizes na escolha, com seu jeito atípico e descontraído já é muito influente para importantes patinadores!

Layout | anúncios

Com apenas 20 anos de idade já conquistou seu espaço como um dos patinadores mais criativos da sua geração. Mente livre de padrões, busca muitas e constantes referências em tudo que possa lhe dar novas ideias de como patinar, além da ‘forcinha’ natural que herdou ao ter mais propensão para as manobras de Negative: sua estranha e mais característica marca registrada! Seu primeiro vídeo é o resultado de um longo processo de amadurecimento como patinador, muitas das manobras foram aprendidas com o ‘rec’ ligado e se tivesse de escolher, acreditamos que não mudaria um segundo sequer do resultado final. Aumente o som e abra a mente antes do play, com vocês Lucas Fernandes mudando um pouco do que tínhamos pensado sobre Patins Street!

A mistura de gostos e de referências que ajudaram a compor esse role criativo, estão no perfil completo dele, aqui, no site da Vanguarda!

Vanguarda | Em todos os sentidos!

Imune em ‘Campon’ | #treinaremeupinto

Já faz um tempo que usamos uma impopular ‘hashtag’ em nossas fotos: #treinaremeupinto.  Para nós ela é um símbolo de uma fase, acho que chegou a hora de uma importante explicação: não estamos ligando a mínima para competições! Mas calma, é pessoal e intransferível. Respeitamos quem gosta e já gostamos também, só não estamos mais com vontade e temos alguns motivos!

Mad - TTS Poly Jam - Imune T!!!Mad e Jimmy patinam juntos pelas mesmas marcas há um tempo, se divertiram muito em eventos, campeonatos e a porra toda, sem hipocrisia… mas se cansaram! Com a Vanguarda conseguiram companhia nesse estado letárgico que explica o relaxo nos principais eventos da cena. Erick, Lucas e Max estão no mesmo não-ritmo de competição. Pode ser uma fase ou um traço de maturidade, não sabemos direito, mas o fato de estar mais a fim de se divertir é o principal motivo. Com a Vanguarda vieram fotos, vídeos e muitas missões pessoais a cumprir, então, às vezes só precisamos de um fim de semana livre, com o patins no pé, amigos e um pico agradável!

Um exemplo perfeito foi aproximadamente há um mês. Jimmy, Lucas e Mad participaram do IMUNE em Campon. Patinar em casa, com os amigos e sem esperar nenhum resultado, tornou o dia leve e divertido. Jimmy chegou às 3h da tarde com a cara inchada de sono e cheio de vontade. Ficou em 4º lugar para provar que não somos atletas e patinar é muito mais estado de espírito, do que treino. Lucas passou o aquecimento todo brincando no caixotinho, ainda assim terminou em 7º, e o Mad não foi pra final (contudo, não consegue deixar de sorrir quando vê essa foto do TTS* no ‘pole jam’ aí em cima!). Maxwell passou por uma experiência parecida na segunda etapa do PSP em Peruíbe, uma semana antes. Ele resolveu seguir o ‘flow’ e fazer o que estava com vontade: passeou pela pista na eliminatória somente com Frontsides e Backsides “sem se preocupar com o nível das manobras”, passou raspando em 9º e terminou em 5º no ‘profissional’. (Tem o vídeo da volta na página dele no facebook, só clicar!)

Jimmy - TopSoul Tork - Imune TOu seja, sabe aquilo de treinar antes, montar uma linha perfeita, cheia de manobras difíceis para os juízes, deixar de fora ‘aquela’ que você gosta, dormir tarde cheio de ansiedade, acordar cedo com sono, pernas trêmulas na hora e ficar triste se errar tudo que tinha planejado? É muito mais gostoso não sentir nada disso e simplesmente patinar, pode confiar! Romper com o romantismo de viver como patinador e fazê-lo por prazer, livre, com um sorriso no rosto e a música certa no fone! Enfim, não vamos deixar de ir aos eventos, afinal estar presente é o que mais importa, encontrar nossos velhos e futuros amigos. Mas é bom deixar bem claro, não vamos treinar! Tudo bem para vocês?

E gostaríamos de agradecer ao Tchesco Xgrind pelas fotos e parceria, sempre!

.

Lucas - One Roll - Imune T!

Em todos os sentidos!

* TTS é a abreviação da manobra True Spin Top Soul